Desenho animado: A Garota que Conquistou o Tempo (2006) - Trailer

A Garota que Conquistou o Tempo (2006)
時をかける少女
Avaliação:  7.7
Ficção científica, Romance, Mistério, Fantasia, Família, Drama, Comédia, Aventura, Animação
Japão
98 min.
Makoto Konno é uma estudante comum, sempre com pressa e lutando contra o relógio para não perder a hora da escola. Tem a vida em ordem, é uma garota de sorte e com boa intuição. Ao lado dos amigos Chiaki Mamiya e Kousuke Tsuda, Makoto forma um trio muito unido que se encontra naquela difícil fase de decidir o que fazer da vida no futuro. Certo dia, a sorte e intuição de Makoto parecem abandoná-la, e ela descobre ter, por alguma razão, o poder de viajar no tempo. Assustada no início, Makoto começa a assimilar melhor a idéia do incrível poder que tem em mãos. Super segura de si, Makoto passa a usar e abusar deste poder mas, logicamente, percebe que mudar o passado pode trazer péssimas consequências
Desenho animado A Garota que Conquistou o Tempo. Gênero: Comédia, Aventura e Animação. País: Japão. Estilo: emocional, surreal, cómico, se sentir bem, tocando e anime. História: vinda de idade, amor, amigos, amor adolescente, colega de classe, mudando o passado ou o futuro, adolescente, escola, habilidade sobrenatural, colegial, amizade e viagem no tempo.

Assistir trailer em Português

Outros trailers de filmes por categorias

Recomendamos que você assistir a trailers de filmes: Lobo Adolescente (2011), Red: Crescer é Uma Fera (2022), Miraculous: As Aventuras de LadyBug (2015), Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001), Stranger Things (2016), Naruto (2002), Intocáveis (2011), Através da Minha Janela (2022), Toy Story: Um Mundo de Aventuras (1995), Sex Education (2019), Your Name. (2016), O Telefone Preto (2021), Jujutsu Kaisen 0: O Filme (2021), De Volta para o Futuro (1985), No Limite do Amanhã (2014), Efeito Borboleta (2004), Harry Potter e o Enigma do Príncipe (2009), Um Sonho de Liberdade (1994), Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (2004), Youkoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e (2017).